Categories: Útil

Anki e SRS

Antes de conhecer o Anki, meu estudo de kanji tinha um grande problema: era difícil ter certeza se um kanji já estava bem memorizado. Passava algum tempo estudando alguns kanjis mas, ao pegar outros, não tinha certeza se iria continuar lembrando dos primeiros depois de algum tempo.

Se você não conhece o Anki, precisa conhecer! Estou usando há uns três meses e meio (devia ter escrito um post antes!) e é agora uma das principais ferramentas para me ajudar nos estudos. O Anki é um Spaced Repetition System, ou SRS pra facilitar. A idéia é semelhante aos flashcards, em que você cadastra pares de significado/kanji (ou pode ser palavras ou frases) e estes são exibidos para testar sua memória. Mas, diferente dos flashcards convencionais, no SRS as cartas não aparecem de forma aleatória: quanto melhor você aprende uma carta, mais tempo ela vai demorar para aparecer de novo. Desta forma você se concentra naquilo que está aprendendo e minimiza o tempo gasto com coisas que já sabe.

O funcionamento é bem simples. Um kanji (ou palavra ou frase) é mostrado e você precisa ver se consegue lembrar seu significado (ou vice-versa). Você não precisa digitar a resposta para o software ver se está certo, basta olhar e você mesmo julga se conseguiu lembrar bem ou não. De acordo com sua resposta, o intervalo de tempo para a carta aparecer de novo será diferente.



Além da sua resposta, o tempo que você ficou sem revisar a carta também influencia nesse tempo de reagendamento. Por exemplo, digamos que uma carta está agendada para aparecer hoje. Mas daí você viaja e fica uma semana sem mexer no Anki. Se, depois desse tempo você ainda disser que se lembra muito bem dessa carta, significa que ela está bem fixada em sua memória! Por isso o intervalo de tempo para ela aparecer de novo será maior do que seria se você desse a mesma resposta hoje.

Um outro problema que eu tinha antigamente era a falta de controle sobre quantos kanjis eu tinha aprendido. O Anki mantém esse controle e mostra várias estatísticas. Além disso, outra funcionalidade que gosto bastante é que ele lista os kanjis faltam em cada nível Jouyou (útil para quem aprende seguindo essa ordem). Abaixo mais alguns screenshots:







Para terminar, vai aí algumas dicas:

  • Adicione apenas aquilo que você aprendeu. Se você adicionar qualquer coisa ou utilizar um deck pronto, não vai conseguir utilizá-lo como um SRS direito (sempre vai responder que não sabe!)
  • Você pode preferir utilizar frases inteiras. Kanjis ou palavras isoladas podem confundir um pouco ao longo do tempo, pois podem existir vários com o mesmo significado. Frases fornecem um pouco mais de contexto e é bom para aprender a se expressar em japonês, coisa que não dá para fazer só traduzindo palavras isoladas.
  • Se as cartas começarem a ficar muito confusas, coisa comum de acontecer se você adiciona kanjis isolados, reduza a velocidade que você está adicionando cartas. Provavelmente você está adicionando mais rápido do que consegue aprender! Amadureça as cartas existentes e só depois continue.
  • Se você costuma passar dias longe do seu computador, você pode usar também a versão web. Você pode sincronizar sua conta na versão web com seu deck criado no seu computador.

Update: Tradução do Anki para português aqui:
https://www.aprendendojapones.com/2008/06/02/anki-em-portugues/

Jo

Recent Posts

Dicas para turistar no Japão

Estive no Japão a turismo recentemente e fiz esta lista de dicas: 1) Alugue um Pocket wifi. Acho que é a…

4 anos ago

14º Festival do Japão

Todo mês de julho temos aqui em São Paulo o Festival do Japão, o maior evento sobre a cultura japonesa…

8 anos ago

Como escrever em japonês no Linux Ubuntu 10.04

Recentemente instalei o Ubuntu 10.04 aqui na minha máquina. Já uso Linux há vários anos, mas sempre usei o Slackware…

9 anos ago

13º Festival do Japão

Este mês terá o 13º Festival do Japão, um dos maiores eventos de cultura japonesa do mundo! O evento é…

9 anos ago

Copa do Mundo – Vocabulário

Vocabulário japonês relacionado a futebol e copa do mundo Continuar a ler →

9 anos ago

Como discutir com japoneses

Video mostrando a diferença entre o estilo de discussão ocidental e japonês Continuar a ler →

9 anos ago

This website uses cookies.